Mais 500 Sonhos entregues em Ourinhos!

Mais 500 Sonhos entregues em Ourinhos!

A Casa Própria entregue aos
moradores do Residencial Ecoville!

Mais casas!

A cidade de Ourinhos agora tem 500 novas casas! A Ecovita entregou o Residencial Ecoville às 500 famílias ourinhenses que receberam as chaves da sua casa própria, e finalmente realizaram seu sonho! Foi um dia de muita emoção a todos que contribuíram para a concretização deste momento.

A cerimônia de entrega ocorreu no dia 12 de abril e contou com a presença diretores da Ecovita, Elaine Simões e Luiz Antônio Caetano que também foi o engenheiro encarregado da execução do empreendimento; o prefeito de Ourinhos, Lucas Pocay, o vice-prefeito Dr. Ferreirinha; Eng. responsável pela obra,  Jessé Lira; e o Gerente Geral da Caixa Econômica Federal, Alexandre Ventríni.

Parabéns aos moradores do Residencial Ecoville que agora começarão uma nova etapa de suas vidas!

O Residencial Ecoville

Em uma área total de 88.865,36m² com casas de 40,044m² em lotes de 165,6m², todas as residências possuem 2 dormitórios, banheiro, sala de estar, cozinha, acabamento com textura diferenciada, esquadrias de alumínio, cobertura de telhas cerâmica sobre estrutura metálica, piso cerâmico em todos os cômodos, azulejamento de 1,50m no banheiro e cozinha.

Além de toda a qualidade Ecovita, os moradores contam com uma infraestrutura completa no empreendimento: água, sistema de coleta de esgoto, pavimentação, energia, guias e sarjetas, iluminação pública e drenagem das águas pluviais.

Artigos relacionados

Fim dos copos descartáveis!

Empresa bauruense Ecovita Construtora, desenvolve projeto junto com os colaboradores e adota...

Continue lendo

Semana do Meio Ambiente 2019: um tempo para agir e refletir!

No dia 05 de junho, é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente! Uma data importante para lembrar...

Continue lendo

Energia Fotovoltaica: Ecovita constrói casas com painéis solares!

Esta é uma nova tecnologia que a Ecovita traz para as casas construídas em parceria com a CDHU!...

Continue lendo

Junte-se à discussão