Como deixar as dívidas fora de 2019

Como deixar as dívidas fora de 2019

As festas de fim de ano são tradicionais pela fartura na mesa e pelos presentes, mas é necessário tomar cuidado com as dívidas. Quer saber como evitar essa situação? Leia mais.


 As festas de fim de ano estão chegando e junto com elas mais gastos. Presentes, amigos secretos, viagens de férias…  Além disso, contém os impostos anuais (IPTU E IPVA) e em seguida matrículas, materiais escolares, sem falar nas dívidas do ano que passou – que não sumiram.

Assim, preparamos dicas para quem quer começar o próximo ano sem déficits no orçamento e, dessa forma, poderentrar em 2019 sem preocupações.

 

Reflita sobre como você entrou em dívida e coloque no papel

Anote todos os seus gastos para poder cortar as futilidades e deixar apenas os gastos essenciais.  É importante priorizar dívidas como os impostos e gastos que geram multas e juros, já que tendem a aumentar se não forem pagos. Mais do que isso, o objetivo é entender o que levou a entrar em déficit para poder solucionar o problema e não repetir o erro.

 

Mude maus hábitos

Muitas dívidas são geradas por exageros e maus costumes, se esse for o seu caso, é hora de reconhecer esses hábitos para poder mudá-los. Para fazer isso, crie uma lista ou planilha com todas as categorias de gastos como: transporte, restaurante, mercado, vestuário, cartão de crédito e terceiros, facilita a visualização de onde está indo a maior parte do dinheiro.

Deve haver o controle e equilíbrio entre despesa e receita. Dessa forma, pode-se pensar em como diminuir os investimentos em cada área. Se seus gastos essenciais estão ultrapassando sua renda, uma alternativa é pensar em parcelamento para aliviar o preço das dívidas no final do mês, mas com planejamento para não comprometer o restante do ano.

 

Descubra maneiras de ganhar dinheiro extra para quitar a dívida

Pagar o mínimo das dívidas todo mês vai demorar muito para quitá-las.  Pode até gerar juros que te deixarão ainda mais enrolado. Se a dívida não diminui, a saída é aumentar o dinheiro que entra no orçamento de maneira criativa. No que você é bom? Venda seus serviços para amigos, família, divulgue nas redes sociais, peça ajuda. Você pode fazer doces, salgados, oferecer algum tipo de ajuda em tecnologia, revisar textos… as opções são infinitas!

 

Monte um plano

É essencial um plano para delimitar quais são as dívidas urgentes. O que fazer com o dinheiro ganho? Traçar metas de pagamento para gerar estímulos e, dessa forma, até começar a fazer uma “caixinha” para se preparar para gastos inesperados no futuro. Criar uma poupança também organiza seu dinheiro. Caso tenha a necessidade de fazer cursos, trocar eletrodomésticos ou algo que esteja fora de suas contas básicas e essenciais.

 

Retome sua vida com outros princípios

Para aproveitar a entrada do novo ano, que tal começar esse novo ciclo com um novo estilo de vida? É hora de se planejar para os gastos de fim de ano e já pensar que esse dinheiro pode ir para alguma dívida não quitada. Aproveite as festas com sentimentos bons e não necessariamente com presentes caros. Você pode fazer os presentes que vai entregar. Além de mais baratos que o comum, tem um toque pessoal e personalizado.

Gostou do nosso artigo? Continue acompanhando a nossa página e confira mais dicas!

Artigos relacionados

Como proteger sua casa de pragas indesejadas

O calor favorece a proliferação de animais que costumam sair dos bueiros para procurar locais secos para se esconderem. Veja como evitá-los!

Continue lendo

6 dicas fáceis para manter sua lavanderia organizada

Geralmente um dos menores cômodos da casa, pode parecer um desafio manter a lavanderia organizada. Veja nossas dicas e otimize espaço [...]

Continue lendo

Dicas para simplificar a rotina de limpeza da sua casa

A rotina de limpeza pode tornar seu dia a dia exaustivo. Pensando nisso, separamos algumas dicas simples que podem facilitar a organização da sua casa [...]

Continue lendo

Junte-se à discussão